quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Abstrato

Quem se faz por essência... que opta por aprender a levar a vida assim, com mais amor, mais carinho, mais sensibilidade alheia e consigo, adquire formas das mais variadas da beleza.. sao tantas, únicas, vc olha e ao mesmo tempo vê mais do que acha que viu...vc acredita que tudo ultrapassa o sentido racional, não existe muita objetividade num ser que busca essências; acredito que é infinito, pq a razão é (finita)..
Razão: necessária;
Essência: fundante da vida, arcabouço do viver e não apenas existir....
Por isso desvendemos então os caminhos imaturos do "ser essência"...
Sem fugas do materialismo, falo aqui de especificidades, as quais já passamos de pontos reflexivos primitivos...

Ser livre para escolher não pensar.. (eu, 2008)

É que se eu não penso, talvez eu não existo... por isso escolher as vezes não pensar...

Visão


Reconhecer o nada imerso no nada
O talhe branco no branco
A palavra escondida na palavra
A gota submersa no rio
Os contornos são a memória dos cegos. (Whisner Fraga)